O Hospital Estadual de Formosa investe em capital humano em 2021

Últimas notícias

6/recent/ticker-posts

O Hospital Estadual de Formosa investe em capital humano em 2021



Diretora Vânia Fernandes em encontro com os colaboradores - FOTO:Divulgação
Unidade hospitalar realiza contratações de profissionais da saúde para oferecer ainda mais agilidade no atendimento e conforto à população. 

Diretora Vânia Fernandes em encontro com os colaboradores - FOTO:Divulgação

Com o objetivo de reforçar a assistência à saúde pública, o Hospital Estadual de Formosa (HEF), administrado pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento, realizou 91 contratações no primeiro semestre do ano e, atualmente, acrescentou à equipe médica e técnico-administrativa mais 22 profissionais. O investimento em capital humano vem para proporcionar mais conforto e agilidade no atendimento à população e aos pacientes admitidos na unidade.

Avançando em capital humano

O HEF busca sempre aperfeiçoar as técnicas de atendimento para reforçar a relação de confiança com os seus pacientes. Para isso, a unidade está sempre investindo na capacitação dos seus profissionais e na contratação de capital humano. Afinal, o desenvolvimento individual do colaborador resulta em um bom trabalho de equipe.

Neste sentido, o objetivo de ampliar o capital humano é oferecer mão de obra qualificada para todas as áreas de atendimento do hospital. Para tanto, os colaboradores da Gestão de Pessoas, ou Recursos Humanos (RH), que são responsáveis pelas contratações e desenvolvimento de carreiras, escolheram mais de 100 novos profissionais da saúde para ampliar ainda mais o quadro de colaboradores do hospital.

Desse modo, entre janeiro e junho deste ano, 30 novos colaboradores foram admitidos para o atendimento nos novos 10 leitos de UTI da ALA Covid-19 – inaugurados em abril. Sendo, 20 técnicos de enfermagem, quatro enfermeiros e seis fisioterapeutas. Além disso, mais 61 novas pessoas foram contratadas para compor as equipes médicas e de áreas técnico-administrativa do HEF durante este período. 

“A área de gestão de pessoas está sempre buscando oferecer condições para o aperfeiçoamento do público interno. Entendemos que um bom atendimento ao cliente vem da humanização dos nossos serviços e passa pela qualificação dos profissionais que atuam em um ambiente cooperativo gerando resultados”, afirma Adelson Júnior, gestor de pessoas do IMED.

Colaboradores do HEF reforçam a equipe da unidade - FOTO:Divulgação

Impacto positivo

Entre julho e agosto deste ano, o HEF admitiu mais 22 profissionais sendo 18 mulheres e quatro homens. Destes, dois colaboradores foram destacados para o Núcleo Interno de Regulação (NIR), e os demais foram divididos entre diversos setores, inclusive no atendimento ao centro cirúrgico.

Essa ação gera grandes resultados e notável impacto positivo para a população. Com a instauração das cirurgias de urgência, a unidade destinou ao setor novos colaboradores, o que intensificou a realização dos procedimentos cirúrgicos, de pequena e média complexidade.

Após a conquista da modernização do centro cirúrgico, o Hospital avança em busca do crescimento. A ampliação da equipe permite impulsionar a agilidade no atendimento ortopédico aos pacientes que chegam com algum tipo de fratura, de acordo com a sua necessidade.

Dessa forma, a unidade segue investindo em melhorias e, se dedicando em prestar assistência de excelência à sociedade. Acolhendo munícipes de outras regiões de Goiás, oferecendo amparo humanizado e qualidade no atendimento.

“Pensamos sempre na qualidade do atendimento e em oferecer à população o melhor possível. Portanto, as contratações deste ano reforçaram a nossa convicção de que dá para realizar um bom trabalho visando a humanização destes processos”, reforçou Vânia Fernandes, diretora do HEF.

Sobre o HEF

O Hospital Estadual de Formosa foi estadualizado em abril de 2020. O processo teve início em agosto de 2019 e passou pela aprovação da Câmara dos Vereadores e da Assembleia Legislativa. O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED assumiu a gestão, em junho, com o compromisso de ampliar o atendimento à população instalando 20 leitos de UTI para pacientes com Covid-19.

As obras estão em andamento e durante o processo de regionalização a população continuará contando com os serviços de Pronto Socorro 24 horas, clínica médica, ortopedia e atendimento a gestantes. Passada a urgência da pandemia o Hospital com melhorias na infraestrutura ficará para a região, ampliando as opções de atendimento para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Da redação com informações Assessoria de Comunicação Hospital Regional de Formosa/ Ecco Comunicação

Aline Marinho (11) 95484-9927 – aline@ecco.inf.br  

Dario Vasconcelos (11) 95761-7712 – dario@ecco.inf.br

Dario Vasconcelos

Postar um comentário

0 Comentários

O STJ condena Arruda, ex-governador do DF, por improbidade em jogo da Seleção...