O governo do Distrito Federal Liberou R$ 23 milhões para pagamento do Cartão Prato Cheio - A NOTÍCIA NA FORMA DA LEI, O SEU JORNAL DIGITAL!

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

O governo do Distrito Federal Liberou R$ 23 milhões para pagamento do Cartão Prato Cheio

Neste mês, o programa ainda registrou a inclusão de 9.164 novos beneficiários. A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes-DF) liberou, ne...

Neste mês, o programa ainda registrou a inclusão de 9.164 novos beneficiários.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes-DF) liberou, nesta segunda-feira (1º), R$ 22.933.500 para pagamento das parcelas de R$ 250 do Cartão Prato Cheio. Neste mês, foram incluídos no programa 9.164 beneficiários.

Neste mês, foram incluídos no programa 9.164 beneficiários no Prato Cheio | Foto: Divulgação/ Sedes

“É um benefício fundamental para garantir a segurança alimentar e nutricional de tantas famílias no Distrito Federal. Neste momento de celebração e renovação pós-Páscoa, é essencial que todos tenham acesso a uma alimentação digna e de qualidade”, declara a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

Os novos cartões emitidos estarão disponíveis para retirada a partir do dia 1° de abril, considerando o escalonamento pela primeira letra do nome do beneficiário, conforme cronograma a seguir:

* A – C: 1/4/2024
* D – H: 2/4/2024
* I – L: 3/4/2024
* M – Q: 4/4/2024
* R – Z: 5/4/2024

Os nomes dos novos beneficiários do Cartão Prato Cheio podem ser consultados no site GDF Social. No portal, o cidadão pode obter informações sobre a agência do Banco de Brasília (BRB) em que vai retirar o cartão. É imprescindível que a busca seja feita apenas pelo titular do auxílio, mediante a apresentação de documento original com foto e CPF.

O Prato Cheio é pago em um ciclo de nove parcelas para auxiliar famílias em situação temporária de insegurança alimentar e nutricional. Encerrado esse período, o titular precisa passar por nova avaliação socioassistencial no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da sua região ou na unidade em que estiver sendo acompanhado.

Da redação do Portal de Notícias com informações da Sedes

Nenhum comentário

Pixel

Pixel