Um Vídeo flagra vereador supostamente cobrando propina e falando em nome do prefeito Pábio Mossoró de Valparaíso! Confira - PORTAL LEI & POLÍTICA

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

publicidade paga

Um Vídeo flagra vereador supostamente cobrando propina e falando em nome do prefeito Pábio Mossoró de Valparaíso! Confira

Por: Carlos Guglielmeli O vereador Paulo Brito (PSC), aliado do prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (MDB), foi flagrado, em vídeo...


Por:
Carlos Guglielmeli

O vereador Paulo Brito (PSC), aliado do prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró (MDB), foi flagrado, em vídeo, cobrando propina de um empresário para fazer “sumir” débitos da empresa na Superintendência de Receita Tributária do município.

Na tentativa de extorsão, o então fiscal da Superintendência de Serviços de Fiscalização Municipal (Susfim), Paulo Brito, cobrou do empresário Fernando Viana, dono da Funerária Boa Esperança, R$ 30 mil para retirar dos sistemas da prefeitura um débito de R$ 187 mil em nome da empresa.

Segundo o aliado de Mossoró, numa negociação formal, com o pagamento legal de R$ 10 mil, a dívida do empresário cairia pela metade, R$ 90 mil, e a propina em discussão era para “desaparecer” com o débito restante de R$ 80 mil:

"Isso aqui é o que a gente tinha que negociar, os R$ 80 para poder pagar. Quanto é que você paga encima disso?", questionou Paulo Brito ao empresário.

Na resposta, Fernando Viana disse que o servidor público quem tinha que dizer o valor.

"Ela quer R$ 30 mil", cravou o agora vereador.

Ela, no caso, seria uma servidora de nome Gabriela, supostamente dona do que Paulo Brito chamou de “senha master”, capaz de deletar os débitos da funerária.

O nome da tal dona da senha capaz de fazer desaparecer a dívida da empresa, apareceu no meio de uma revelação, que aponta para a existência de mais um grupo de cobrança de propinas dentro do órgão:

“Você sabe que é o seguinte, a única coisa que eu quero é que resolva o problema, então já tinha uma negociação com o pessoal lá. Elas te passaram?”, indagou o empresário, que emendou: “Alguém já me levou. Quatro pau”.

Aparentemente indignado com a concorrência, Paulo Brito questiona: "Mas quem levou?", e pouco depois diz: "A Gabriela, ela é que tem a 'senha master', ninguém (mais) tem".

Em um dos diálogos gravados, o empresário questiona sobre o risco da superintendente da Susfim, Cléo, atrapalhar a negociação, nesse momento Paulo Brito envolve o prefeito Pábio Mossoró no esquema, informando que o chefe do executivo municipal estaria decidido a exonerar a servidora, supostamente para facilitar o andamento do esquema.

“E quem que vai encher seu saco?”, perguntou Paulo Brito que ouviu do empresário:

“A própria Cléo lá ó, foi ela botou esses negócios mais a…”

Adiante o político informa: “Não, mas na hora que for …, que for … A Cléo já está saindo, o Pábio já está tirando ela.”

O caso já foi denunciado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Valparaíso de Goiás e na 3ª promotoria do Ministério Público, que acionou o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO).

Na queixa-crime, o empresário anexou os vídeos e documentos que apontam para um esquema de corrupção existente desde 2015 e mantido na gestão do prefeito Pábio Mossoró.

Da redação com a fonte do site: https://jornalopiniaodoentorno.com.br/

Nenhum comentário

Latest Articles